fbpx

Мodelos de doenças

 

O Meteobot® ajuda a combater as doenças de plantas. Os dados meteorológicos do seu campo ou pomar podem entrar automaticamente em modelos digitais, por onde pode obter previsões de risco de doenças para a respetiva cultura.

Como funcionam os modelos?

Os modelos incluem regras e algoritmos resultantes de múltiplos experimentos de campo e pesquisas científicas. Essas regras e algoritmos levam em conta a chuva, a temperatura, a umidade do ar, a umidade das folhas, a luz do sol, etc.

Por exemplo nos modelos de trigo e cevada há informações integradas sobre o desenvolvimento fenológico das plantas e o risco de extração. Leva-se em conta o fato de que diferentes variedades são de forma diferente resistentes à doença.

Com base em todos esses recursos, os modelos proporcionam uma previsão dinâmica das condições climáticas e o grau do risco de infeção.

O objetivo é um – pulverizar apenas quando e com o que for necessário.

Porque usar um modelo de doença?

Os produtores de grãos economizam em média, 23 euros/hectare de fungicidas e combustível. Dum campo de 500 hectare de trigo, pode economizar 11,500 euros por ano.

* Os dados históricos são necessários para que o modelo funcione corretamente, mesmo se a estação for instalada após a data de sementeira ou após o início da temporada agrícola.

Como, na prática, ajudam os modelos?

  • Pulverize apenas se e quando for necessário
  • Pode escolher o produto mais adequado
  • Prevenção das resistências
  • Facilite o trabalho nos períodos de maior pressão
  • Proteção integrada de plantas
  • Produção orgânica
  • Uso mais amplo de produtos de contato ou genéricas
MAIS INFORMAÇÕES SOBRE OS MODELOS DE DOENÇA CONSULTE AQUI …

  • Yellow stripe rust - wheat

    MODELO DE DOENÇA DE TRIGO

    Para ajudar os agricultores que produzem grãos, o Meteobot® tem uma conexão com Horta – modelos de trigo mole e duro. Estes modelos permitem fazer previsões das etapas de desenvolvimento fonológico, bem como das seguintes doenças: os modelos fornecem uma previsão do risco das seguintes doenças do trigo:
    • Ferrugem amarela;
    • Ferrugem castanha;
    • Septoriose (Septoria tritici);
    • Mancha das glumas (Stagonospora nodorum);
    • Oídio (penugem branca);
    • Fusariose;
    • Micotoxinas nos grãos;

    Saiba mais …

  • Net blotch - barley

    MODELO PARA CEVADA

    O modelo Horta fornece uma previsão do risco para as seguintes doenças da cevada:
    • Oídio;
    • Septoriose;
    • Mancha-reticular;
    • Ferrugem castanha;
    • Fusariose;
    • Micotoxinas em grãos;

    O modelo inclui recomendações para os fertilizantes nitrogenados. Estes são de importância especial para a produção de cevada destinada à indústria cervejeira, onde o teor de proteína deve ser suficientemente alto, não excedendo ao mesmo tempo o limite máximo definido.

  • Apple scab

    MODELO DE DOENÇAS PARA MAÇÃS

    O Meteobot® está conectado à plataforma holandesa de combate às doenças das maçãs RIMpro. Isto permite a pulverização contra os esporos germinados mesmo em tempo de chuva leve. A plataforma inclui modelos de doenças e insetos listados abaixo, bem como um modelo-protótipo que permite escolher a época certa para reduzir a densidade de fruta.
    Pedrado;
    • Fogo bacteriano;
    • Oídio (protótipo);
    • Fuligem e sujeira-de-mosca;
    • Hoplocampa;
    • Mariposa-das-maçãs;
    • Nectria;
    • Antracnose na maçã;

    Saiba mais …

  • Grape black rot

    MODELO DE DOENÇAS DA VINHA

    O Meteobot® ajuda os produtores de vinha com os modelos de previsão de risco de:

    • Míldio da videira;
    • Podridão negra da videira;

Se quiser ter uma consulta individual sobre o uso dos modelos na sua quinta, entre em contato connosco através do tlm.: 0896 95 96 28 ou por e-mail: info@meteobot.com.