fbpx

Meteobot Hydro

Meteobot® Hydro é um sistema de automatização da irrigação. Serve para medir constantemente a umidade do solo e as precipitações e ligar automaticamente as bombas e válvulas de irrigação conforme a necessidade de água nas plantas.

Meteobot® Hydro compreende:

  • Sensor de teor volumétrico de água no solo com placa de circuito de extensão
  • Sensor de chuva
  • Sensor de temperatura do solo
  • Sensor de velocidade do vento
  • Sensor de temperatura, umidade do ar e pressão atmosférica
  • Módulo de manejo para até 16 válvulas/bombas
  • Adaptador para 230 V
  • Bateria suplente
  • Aplicação móvel para controle remoto de qualquer lugar e a qualquer hora
  • Assinatura de partilha de dados (por 1 ano)
  • Ligação com controladores externos de irrigação (por ex. Rainbird, Hunter entre outros)

Preço: 1030 Euros sem IVA

 

Opções suplementares:

  • Cartão SIM (mensalidades incluídas por 1 ano): 36 Euros sem IVA
  • Sensor de umidade foliar: 230 Euros sem IVA
  • Sensor de radiação solar: 370 Euros sem IVA
  • Sensor de direção do vento (na encomenda de sensor de velocidade do vento): 110 Euros sem IVA
  • Sensor de teor volumétrico de água no solo para mais uma profundidade: 41 Euros sem IVA

 

Meteobot® Hydro funciona de modo seguinte: O sensor de teor volumétrico de água no solo mede a presença de umidade a cada 10 minutos. Quando a umidade ficar abaixo de um determinado valor mínimo, o módulo de manejo liga automaticamente a bomba de irrigação e abre as respetivas válvulas. Quando a umidade do solo atingir o nível máximo configurado, o controlador desliga a bomba e fecha as válvulas.

 

Meteobot® Hydro pode funcionar em modo automático, remoto ou manual:

  • Em modo automático a irrigação liga quando a umidade do solo ficar abaixo do nível mínimo configurado. Respetivamente quando a umidade atingir o nível máximo, a irrigação desliga automaticamente;
  • Em modo remoto receberá um alarme no dispositivo móvel ao atingir o nível mínimo ou máximo configurado, e poderá ligar ou desligar a irrigação remotamente a partir da aplicação móvel Meteobot®;
  • Em modo manual poderá ligar e desligar a irrigação a partir dos interruptores do painel elétrico.

 

Meteobot® Hydro proporciona várias configurações flexíveis. Ele pode desligar automaticamente a irrigação:

  • Em caso de chuva (É claro que se a chuva resultar insuficiente, Meteobot® Hydro restabelecerá a irrigação até o solo atingir a umidade necessária);
  • Se a velocidade do vento exceder um determinado valor (por ex. 4 m/s) Isto pode ser necessário, caso esteja usando ferramentas de irrigação;
  • Se a temperatura do ar ficar demasiado baixa (surgir um perigo de congelamento) ou demasiado alta (estresse em plantas).

 

Meteobot® Hydro pode gerir diretamente até 16 dispositivos (por exemplo uma bomba e 15 válvulas). Se já tiver um controlador de irrigação do tipo de Rainbird, Hunter ou outro, Meteobot® Hydro pode conectar-se a ele de forma a economizar água. A vantagem neste caso é que irrigará quando e quanto é necessário as plantas e não conforme um horário fixo.

 

Meteobot® Hydro utiliza sensores que medem o teor volumétrico de água no solo. Estes mostram qual é a percentagem do volume de uma dada camada de solo cheia de água.

 

Sensor for measurement of the volumetric soil water content

Por exemplo, vamos examinar uma camada de solo com profundidade de 10 cm. Se o sensor mostrar 25%, isto significa que um quarto (2,5 cm) destes 10 cm tem água. O resto é solo, poros de ar, resíduos vegetais, etc. Deste modo podemos calcular o teor de água no solo. Se utilizarmos o exemplo já dado: 2,5 cm = 25 mm = 25 litros / m2.

Cada tipo de solo pode conter quantidade de água diferente dependendo das partículas do solo, os poros entre elas, a matéria orgânica (húmus), etc. Os solos argilosos ricos em húmus retêm maior quantidade de água e os solos arenosos – menos. A quantidade de água que o solo retém após um umedecimento abundante e escoamento de água por gravidade é chamada de «limite de hidroscopicidade do campo» (LHC).

Nem toda a quantidade presente de água no solo, no entanto, chega às e é assimilável pelas plantas. Quando a umidade baixar abaixo de certo nível, as raízes não conseguem absorvê-la e as plantas murcham. Este é o chamado ponto de murcha. A diferença entre o LHC e o ponto de murcha é a água disponível para as plantas.

Para monitorar o teor de água na camada de solo, onde estão as raízes das plantas pode instalar junto com o Meteobot® Hydro até 4 sensores de teor volumétrico de água. Dependendo do tipo de cultura, estes podem ser colocados nas profundidades de 10, 30, 50, 70 cm, por exemplo. É importante que os sensores estejam localizados o mais próximo possível da raiz da planta. No caso de irrigação por gotejamento eles devem estar colocados «entre duas gotas» para não levar em consideração os valores artificialmente aumentados.

 

SENTEK

Meteobot® Hydro pode ser equipado e com sensores de umidade de solo do principal produtor Sentek. Eles mostram o teor volumétrico de água no solo a cada 10 cm – por exemplo a 10, 20, 30, … até 120 cm. A umidade é expressa em litros (mm) por metro quadrado. Dessa forma recebe informação sobre a reserva de água no solo a cada momento.

Os sensores Sentek são precisamente adequados para culturas com sistema radicular profundo  – por exemplo o milho irrigado por meio de sistemas pivô (ou por aspersores).

Sentek sensors show the soil water content every 10 cm depth – at 10, 20, 30, … down to 120 cm

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sentek usa a raiz da planta como „sensor“. O gráfico seguinte mostra como a umidade do solo cai de forma acentuada durante o dia e de forma suave durante a noite. A razão para isso é que durante o dia a planta «bombeia» a água do solo e a evapora através de suas folhas. Durante a noite isso não acontece. Portanto, enquanto a umidade do solo esteja dentro dos limites ideais, o gráfico é escalonado. Quando o solo ficar seco ao ponto de a planta não conseguir extrair mais água, o gráfico é suavizado e parece ficar inclinado. Nesse momento é necessário regar de novo. Quando o solo estiver demasiado úmido, a planta não absorve a água da  melhor forma do solo e o gráfico fica também inclinado.

Dessa forma pode saber quando regar – quando a umidade do solo cair abaixo do limite mínimo debaixo do qual as plantas ficam estressadas. No caso do gráfico a seguir, isto significa uma rega a cada 6-7 dias.

Meteobot Sentek Optimum irrigation

Quanto regar?

Os sensores Sentek medem a umidade do solo a cada 10 cm profundidade. Graças a isso pode saber a quantidade de água necessária para garantir uma umidade ótima do solo até a profundidade em que as raízes estão neste momento. O gráfico a seguir mostra os valores da umidade do solo de 0 a 60 cm. Nos meados de julho (onde indica a seta esquerda) a umidade é absorvida até profundidade de 20 cm (i.e. as raízes atingem até 20 cm). Devido a isso, é preciso regar tanto que a umidade atinja exatamente essa profundidade. Mais água significaria consumo excessivo, pois as raízes não atingirão maior profundidade e não conseguirão absorver a água daí.

Nos finais de agosto, no entanto, as raízes absorvem a água a partir de 40 cm de profundidade, pois as plantas já estão desenvolvidas. Portanto é preciso regar com mais água para que a umidade atinja os 40 cm de profundidade no solo.

Este indicador ajuda- o saber quanto é preciso regar a cada um momento.

Meteobot Sentek Active root zone

EVAPOTRANSPIRAÇÃO

A evapotranspiração é a água que se evapora do solo e das plantas por um determinado período de tempo.

Se por algum motivo a instalação dos sensores de umidade do solo não é apropriada para sua fazenda, o Meteobot® pode ser equipado com o sensor de radiação solar.

Meteobot® calcula a evapotranspiração considerando os dados de radiação solar, bem como a temperatura, a umidade e o vento. Conhecendo as perdas de água no solo por um determinado período, poderá determinar quanto precisa regar (por exemplo 5 dias de 4 litros de evapotranspiração por dia = necessidade de 20 litros de rega).

Evapotranspiration

 

Entre em contato conosco por +359 896 959628 ou info@meteobot.com para receber uma oferta para sua fazenda.

Meteobot Meteostation